O Distúrbio do Processamento Auditivo Central (DPAC) tem como sintomas principais as dificuldades de atenção, compreensão, audição, concentração, aprendizagem, localização do som, interpretação e dificuldade em atender a ordens. As causas do DPAC podem ser variadas e muitas vezes desconhecidas, contudo as mais comuns são de origem genética ou otites de repetição.

DPAC

Diagnóstico

Esta avaliação é composta por uma avaliação quantitativa (o quanto e como se escuta) e qualitativa (o que o indivíduo consegue como resultado desta audição).

O fonoaudiólogo é o profissional especializado por aplicar a bateria de testes específicos da avaliação do processamento auditivo central que é realizado em cabine acústica. É possível realizar a avaliação do processamento auditivo à partir dos 5 anos de idade, pois a criança precisa ter habilidade linguística para realizar os testes e se necessário avaliação do desenvolvimento de linguagem.

O que é o processamento auditivo central?

Processamento auditivo é o caminho que o som percorre desde a orelha interna até o córtex cerebral. Devemos garantir que a pessoa seja capaz de detectar a presença do som e processar a informação auditiva. Processamento auditivo pode ser definido como a maneira pela qual um indivíduo detecta e localiza a fonte sonora, reconhece, discrimina, foca a atenção e memoriza os sons que recebe.

Transtorno do Processamento Auditivo

Os indivíduos com este transtorno apresentam dificuldade em lidar com as informações que chegam pela via auditiva. Pode afetar o aprendizado e desenvolvimento de linguagem e pode ser observado principalmente em momentos de distração, na necessidade da repetição, nas trocas de sons da fala e na memorização de uma informação e principalmente prejudica a compreensão de fala principalmente em ambientes ruidosos.

PRONTO PARA AGENDAR

O SEU TESTE?


(61) 32429277

Atendimento até às  18 horas